Welcome to Blog umbreveolhar

O meu objectivo, é escrever breves textos, sobre os assuntos que eu considere de interesse nos mais diversos âmbitos, e que prendam a atenção do seu olhar!
Sexta-feira, 6 de Junho de 2008
O documento estava quase pronto. Só faltava empibriar!

É  muito interessante e algo complicado, quando alguém fala com ar muito sério, mesmo dizendo uma grande asneira, e haja pessoas que concordam sempre, baixando a cabeça humildemente, em sinal de respeito e compreensão.

 

Jamais me esquece o que li num dos três livros do Dale Carnegie, um homem que se fez por si próprio, subindo a escada da vida profissional de paquete, vulgo rapaz de recados, até atingir pelo seu mérito pessoal  de grande trabalhador e intelecto, o cargo de Administrador numa das maiores empresas nos EUA.

 

Então, contava ele que as pessoas ,aparentemente, mais "cultas", são aquelas que raramente têm "dúvidas" e simultaneamente são concordatas, mesmo perante um diálogo em que surja uma palavra cujo significado desconhecem! Como é o caso da palavra "EMPIBRIAR", que não significa coisa  nenhuma, quer seja em português ou em lingua estrangeira!

 

Para comprovar aquilo que escrevo, um dia numa repartição de finanças resolveram fazer uma " tratantada" às pessoas, supostamente cultas, que lá íam levantar um documento de extrema importância, o qual tinha de ser entregue a cada um até ao fim daquele mês.

 

Então os funcionários combinaram entre si,  que quem fosse levantar o documento,ser-lhe-ía dito: - Que estava quase pronto, apenas faltava "EMPIBRIAR," ao que os interessados acenavam com a cabeça em sinal de concordância...  Já tinham passado pela secção mais de 100 pessoas que apesar da urgência que existia na obtenção do documento, não ousavam perguntar - Que raio de palavra era aquela que obstava à conclusão do documento!

 

Até, que num determinado dia,  um cliente dirige-se ao balcão para levantar o documento do qual tinha muita urgência, pois estava próximo o dia em que precisava dele imprescindivelmente. - Como habitualmente, o funcionário responde, dizendo que o documento estava  quase pronto, só faltava "EMPIBRIAR", ao que o cliente retorquiu imediatamente, perguntando o que era isso de " EMPIBRIAR"! - O funcionário com ar sorridente e apresentando   de imediato desculpas ao seu cliente, respondeu: - Que  estavam a fazer um teste às pessoas, e até àquele momento só o Senhor ousou perguntar o que significava tal palavra " EMPIBRIAR".

 

Mais disse o funcionário - Já passaram por aqui mais de 100 pessoas à procura de um documento como o do Senhor, e ninguém tomou a ousadia de perguntar o que significava aquela palavra " sem sentido" , por isso dou-lhe os meus parabéns e após este teste ficámos a saber que as pessoas não  ousam perguntar, porque têm receio de mostrar a sua ignorância!!! Vejam lá como são os procedimentos de alguns, acenando com a cabeça em jeito de concordância em reacção a uma palavra que não existe...

 

 

 



publicado por umbreveolhar às 23:21
link do post | comentar | favorito
|  O que é?

48 comentários:
De Café com Natas a 6 de Junho de 2008 às 23:55
Olá Carlos,
A primeira reacção que tive ao começar a ler foi pensar... Hummm tenho que lhe perguntar o que é EMPIBRIAR...
Não trabalho numa repartição de finanças mas quase todos os dias assisto a cenas do género e o mais interessante é que constato que as pessoas aparentemente mais cultas por vezes também desconhecem certas coisas mas não me lembro de alguma vez ter visto assumirem que as desconhecem. Acho que é a insegurança que sentem por pensarem que os outros... os menos cultos as irão desvalorizar de certa forma.
Quanto a mim eu cá acho que estamos e estaremos todos em constante aprendizagem.
Eu aprendi há bem pouco tempo o que quer dizer alcagoita! ;)
Beijinho para ti


De umbreveolhar a 7 de Junho de 2008 às 12:53
Isto sim, é um comentário com muita categoria e humor, o qual agradeço.
Os amendoins também se podem chamar alcagoitas! Esta palavra existe, mas é de pouco uso corrente. Aqui no norte nem se fala dela e pelos vistos no sul também deve ser raro! "empibriar"é apenas um conjunto de letras sem significado nenhum, o que é engraçado! Verifiquei que gostaste.

Cumprimentos e estimo sempre a tua visita,
Carlos Alberto Borges


De poetaporkedeusker a 7 de Junho de 2008 às 16:49
E eu já sabia! Eu já sabia!
Bjinhos!


De umbreveolhar a 7 de Junho de 2008 às 19:25
Eu sei que já sabias, e foi por tu saberes que eu refinei a minha sabedoria! Alcagoita é de facto pouco utilizada , como disse. No entanto quando for com um amigo tomar uma cerveja, em vez de pedir amendoins, vou pedir alcagoitas. A ver se eles sabem!!!

Cumprimentos e que ganhe a Selecção,
Carlos Alberto Borges



De poetaporkedeusker a 7 de Junho de 2008 às 21:58
E não é que ganhou mesmo? 2 a 0!
Abraço!


De umbreveolhar a 7 de Junho de 2008 às 22:54
É verdade, bom jogo! A Selecção deu-nos uma grande alegria. 2 - O , é uma boa conta para um jogo Europeu!
Espero termos mais sucesso no futebol do que na música da Eurovisão, em que tanto torceste pela nossa Cantora...Bem me lembro.

Cumprimentos e volta sempre,
Carlos Alberto Borges


De poetaporkedeusker a 7 de Junho de 2008 às 23:08
Estás enganado Carlos! Eu não torci pela nossa cantora porque tenho a televisão estragada... e mesmo que estivesse boa também não teria tempo para olhar para ela.
Eu sou a Maria João do poetaporkedeusker. Tu deves ter querido responder à minha metaforazinha, a Café com Natas, que tem o melhor café de toda a blogosfera!
Abraço !


De umbreveolhar a 7 de Junho de 2008 às 23:31
Bom, a metaforazinha, é muito engraçada . A minha confusão já é grande. Eu sei o que é uma metáfora e por isso, pensava que eram dois blogs partilhados, ou não, mas com uma autora comum!!! De qualquer modo lembro-me disso, mas pelos vistos equivoquei-me! A televisão não tem conserto! Faz falta também para distrair um pouco! De qualquer modo tenho estima pelas duas.

Cumprimentos e desculpa o lapso,
Carlos Alberto Borges


De poetaporkedeusker a 7 de Junho de 2008 às 23:48
Nao há problema nenhum Carlos! Eu e a Café com Natas não nos conhecemos pessoalmente, mas criámos uma enorme empatia. Ela chama-me Mãe Poesia e eu chamo-lhe Metaforazinha. Os afectos podem ser muito genuínos neste mundo virtual. Ela adora ler boa poesia e eu adoro fazê-la!Abraço!


De umbreveolhar a 8 de Junho de 2008 às 01:15
Agora compreendi sem sombras de dúvidas o contexto dessa empatia que me dás conhecimento, sendo
merecedora do meu grande aplauso. Bonito. Gostei.
A ambas desejo as maiores felicidades, e continuaremos a contactar-nos por esta via cujo portal da blogosfera nos proporciona tão interessantes conversas., dentro dos princípios da educação. da moral e da cultura.

Cumprimentos do amigo,
Carlos Alberto Borges


De Café com Natas a 6 de Junho de 2008 às 23:58
Posso empibriar este texto?


De umbreveolhar a 7 de Junho de 2008 às 13:01
Acho bem, podes e deves "empibriar" este texto. Vamos criar juntos um "neologismo"!
Tens sempre muita piada...

Cumprimentos e volta sempre,
Carlos Alberto Borges


De poetaporkedeusker a 7 de Junho de 2008 às 16:57
A minha Metaforazinha é assim! É danadinha para criar ideias e gosta de neologismos... o Mia Couto também!
Mas eu sou o terror de todas as repartições!
Se, por acaso, não entendo bem o que me dizem, não os deixo em paz enquanto não me explicam tim-tim por tim-tim, todos os processos a que os documentos vão ser submetidos...
vais ver que logo à noite já tens o texto "empimbriado" no Café com Natas!
Abraço!


De umbreveolhar a 7 de Junho de 2008 às 19:18
Eu agradeço como sempre aos teus preciosos comentários, que têm sempre muita graça e sabedoria.
Logo à noite vou então ver a tua " Metaforazinha" e ficarei a saber do que se lembrou ela desta vez!

Cumprimentos e até logo,
Carlos Alberto Borges


De Lalunia a 7 de Junho de 2008 às 08:40
Olá , infelizmente ainda há mt gente que pensa que pelo facto de não saber algumas coisas é sinal de ignorância , em vez de se limitarem a perguntar uma vez que não sabem... E aposto que dessas 100 pessoas nenhuma deve ter feito pesquisa... eheheh Beijinhos


De umbreveolhar a 7 de Junho de 2008 às 13:10
Agradeço o teu comentário. De facto é como dizes, em vez de perguntarem e ficarem esclarecidos, esperam que o significado lhes caia na testa! Mas é lamentável o receio de parecerem ignorantes. Enfim...

Gostei muito e volta sempre,
Carlos Alberto Borges


De Sofia Loureiro dos Santos a 7 de Junho de 2008 às 11:16
E não é só de palavras que as pessoas têm medo. É sobretudo de ideias.


De umbreveolhar a 7 de Junho de 2008 às 13:16
O seu comentário é sempre bem vindo e tem razão. Pois de facto o medo também é das ideias e não apenas das palavras. Gostei muito e agradeço.

Cumprimentos e volte sempre,
Carlos Alberto Borges


De Pérola a 7 de Junho de 2008 às 16:32
Olá!
Ora cá estou eu... :)
Muito interessante este post, de facto! E realmente, é normal as pessoas terem um certo receio ou vergonha de tirar alguma dúvida, porque não querem mostras, ou melhor, demonstrar, que não sabem... Ás vezes quem está á nossa frente, com ar muito intelectual, também pode ser um factor inibidor para isso... Há pessoas que fazem com que nos sintamos pequeninos perto delas...
No meu caso, dependendo com estou falar, tenho por norma perguntar o que não sei... Se passo um atestado de burra ao outro, não me interessa, o que importa é que só perguntando é que posso saber e aprender. Mas, confesso, há casos em que prefiro estar caladinha... (lol)
Beijo e bom fim-de-semana!!


De umbreveolhar a 7 de Junho de 2008 às 19:34
Admiro muito os teus comentários, e fico satisfeito por teres gostado, o que agradeço sinceramente.
Eu sei que as "Jóias" são convictas daquilo que afirmam, e quem é que não gosta de ver o que dizem!!! Muito obrigada.

Vamos torcer pela Selecção e até breve,
Carlos Alberto Borges


De belly_button a 7 de Junho de 2008 às 21:13
Infelizmente há muita gente assim!
Gente que tem a mania que sabe e acaba por dizer disparates, e o pior é que é difícil corrigir essas pessoas!
Mas Empibriar deve ser giro!

Eu passo o dia a aprender coisas dessas! Há pessoas que devem ter um dicionário bastante diferente do meu!!!!


Beijinhos


De umbreveolhar a 7 de Junho de 2008 às 23:02
É de facto giro! Empibriar, não é mais do que várias letras juntas, sem sentido, com uma "pitadinha" humorística, tal como o Post. Obrigado.

Cumprimentos e até breve,
Carlos Alberto Borges


De KI a 7 de Junho de 2008 às 22:25
Ultimos tenho que dizer que eu gentilmente e a sorrir mandava o funcionário das finanças empibriar o teste onde mais o satisfizesse e ele n podia ficar ofendido ahahahah!

Primeiros lembrei-me de um texto que não me lembro o autor que li faz tempo em que (salvo erro) numa aldeia alguém diz que algo era inócuo e o aldeão responde, ofendido, que "inoque será você".

Até mais.


De umbreveolhar a 7 de Junho de 2008 às 22:47
Obrigado pelas suas palavras e pelo sentido de humor que demonstrou.

Até breve e um bom fim de semana,
Carlos Alberto Borges


De MIGUXA a 7 de Junho de 2008 às 23:52
Pois é , não há como assumirmos que sabemos tudo para não aprendermos nada.
O mundo está cheiinho destes pseudo intelectos.

"Eu só sei que nada sei"

Isto sim é demonstrar sabedoria.

Uma vez mais achei interessante este seu texto que revela, na minha óptica pessoal, obra de alguma pesquisa e perspicácia, só faltava mesmo era "empibriar" um pouco mais...

Parabéns Carlos Alberto
Até breve
Xi-kor
Margarida



De umbreveolhar a 8 de Junho de 2008 às 01:32
Margarida,
Agradeço imenso as tuas palavras sempre muito reflectidas e sintomáticas do prazer que te deu ler este meu texto.
Ácrescento que já há algum tempo li este caso no livro do Dale Carnegie: Como Fazer Amigos e Influenciar Pessoas. Achei interessante e resolvi fazer a abordagem do tema por palavras minhas. "Empibriar" é impossível!!! A frase do Sócrates (Filósofo) que citaste enquadra-se bem neste contexto!

Cumprmentos e até breve,
Carlos Alberto Borges


De Crisálida a 8 de Junho de 2008 às 07:10
Isso acontece muito! Já coordenei diversos grupos de estudo ao longo de 10 anos, e em todas as vezes, haviam aqueles que não perguntavam por vergonha de mostrarem sua ignorância, quando isso é tão natural. Gosto de quem tudo pergunta, tudo quer saber, de quem aquela fase dos "por quês" nunca passa. :-)

Abraços


De umbreveolhar a 8 de Junho de 2008 às 12:14
É isso mesmo, quando não de sabe pergunta-se para ficarmos esclarecidos. Mas nem toda a gente é assim, e viste o resultado!
Obrigado pelo teu comentário, o qual registo sempre com muito agrado.

Cumprimentos e volta sempre,
Carlos Alberto Borges


De estrelaquebrilha a 8 de Junho de 2008 às 14:46
Lol, já descobri que essa palavra não existe lol, como te disse na minha resposta ao teu comentário eu não sabia o que significava:)
EU não tenho problemas nenhuns em perguntar qdo não sei, ás vezes acho que até pergunto demais:), mas acho que não devemos ficar na ignorância por vergonha.
Adorei este post, magnifico como sempre.
bj e bom domingo


De umbreveolhar a 8 de Junho de 2008 às 16:31
Eu palpitava-me que ias gostar, e como tal dá-me muita satisfação o teu comentário, agradecendo o teu elogio, sempre sincero, ao post... E continua a brilhar! Só não sei de onde brilha esta estrela que é tão agradável e cintilante! Eu também quando não sei, pergunto... Sou como tu!

Até breve e cumprimentos,
Carlos Alberto Borges


Comentar post

Carlos Alberto Borges
Julho 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


O meu blog e o mundo à distância de um clique

Ninguém dispensa a visita a umbreveolhar...


MusicPlaylist
MySpace Playlist at MixPod.com

PORTUGAL
subscrever feeds
links
Luso-Poemas - Poemas de amor, cartas e pensamentos
posts recentes

RECOMEÇA

QUADRA NATALICIA 2013

CHEGOU O OUTONO

CHEGOU A PRIMAVERA

Amar!

Meu Blog umbreveolhar e F...

Mar Português

Um Novo Ano com Paz!

Um BOM ANO de 2011

Natal 2010

pesquisar
 
arquivos
mais comentados
65 comentários
57 comentários
54 comentários
50 comentários
49 comentários
tags

todas as tags

favoritos

Atraiçoada eleita!

curto circuito

MUNDO

Explicação da Poesia

Mar azul - Cesária Évora ...