Welcome to Blog umbreveolhar

O meu objectivo, é escrever breves textos, sobre os assuntos que eu considere de interesse nos mais diversos âmbitos, e que prendam a atenção do seu olhar!
Terça-feira, 10 de Junho de 2008
Alma minha gentil, que te partiste

 

Alma minha gentil, que te partiste
Tão cedo desta vida, descontente,
Repousa lá no Céu eternamente
E viva eu cá na terra sempre triste.
 
Se lá no assento etéreo, onde subiste,
Memória desta vida se consente,
Não te esqueças daquele amor ardente
Que já nos olhos meus tão puro viste.
 
E se vires que pode merecer-te
Alguma cousa a dor que me ficou
Da mágoa, sem remédio, de perder-te,
 
Roga a Deus, que teus anos encurtou,
Que tão cedo de cá me leve a ver-te,
Quão cedo de meus olhos te levou.
 
                        Luís de Camões

 

 

Uma boa homenagem  que posso prestar ao meu pai, que há pouco mais de um  ano partiu, é dedicar-lhe este soneto do Luis de Camões, que tão sabiamente o recitava!

 

Por isso a minha homenagem neste dia de Portugal e das Comunidades são para o grande Poeta, autor dos Lusíadas,de que hoje se celebra mais uma efeméride, e recordo  com muita saudade a grande personalidade e eloquência que eram características do meu querido pai, que tanto amava a poesia

 



publicado por umbreveolhar às 17:33
link do post | comentar | favorito
|  O que é?

48 comentários:
De Nuite a 10 de Junho de 2008 às 23:23
existem palavras que guardam em si ...
muito mais do que aquilo que entra pelos ouvidos ...
=)
Beijinhos Ana


De umbreveolhar a 14 de Junho de 2008 às 17:43
Ana,
Agradeço os teus comentários, pedindo desculpa de só agora responder, porque estive uns dias para fora, por motivos profissionais.
Gostei muita das tuas palavras., sempre agradáveis e cheias de sentido.

Cumporimentos e volta sempre,
Carlos Alberto Borges


De sunshine a 11 de Junho de 2008 às 00:01
Sinto muito pela perda. Perder um dos pais deve ser algo tão doloroso que não o consigo imaginar. Bonita homenagem. Bonito gesto. Um beijinho


De umbreveolhar a 14 de Junho de 2008 às 17:50
Fico reconhecido e grato palas tuas palavras que encerram sentimento e amizade. Muito obrigado.
Por ter estado ausente por motivos profissionais, só agora te respondo, pedindo por isso desculpa.

Volta sempre e cumprimentos,
Carlos Alberto Borges


De sunshine a 15 de Junho de 2008 às 14:48
Não tens que pedir desculpa. Volto sim. Beijinhos


De umbreveolhar a 15 de Junho de 2008 às 15:27
É sempre um prazer ler as tuas bonitas e gentis palavras, que agradeço, e que muito me honram.
às vezes dou comigo a pensar, como é possível o intercâmbio de ideias, de gente que apenas se conhecem virtualmente.
Concluo : - Serem boas pessoas e temos que saber conviver com a imaginação... É bonito este facto!


Volta sempre que puderes,
Carlos Alberto Borges


De MIGUXA a 11 de Junho de 2008 às 01:51
Luis Vaz de Camões, poeta inigualável, que nos delicia com sons épicos e não só... gentis, sensuais, apaixonados...

Gostei muito, pela escolha, parabéns.

Até sempre
Xi-kor
Margarida


De umbreveolhar a 14 de Junho de 2008 às 17:59
Fico muito honrado pelas tuas lindas palavras as quais me dão sempre muita satisfação as quais são sinceras e com muito sentido. Obrigado por isso.
Devido ao facto de ter estado alguns dias para fora, por motivos profissionais, apenas hoje te pude responder, e por isso as minhas desculpas.

Até breve e cumprimentos,
Carlos Alberto Borges


De MIGUXA a 15 de Junho de 2008 às 00:30
Não tens que pedir desculpas. Não faz qualquer sentido, todos temos as nossas vidas profissionais e, mesmo que assim não fosse não há qualquer obrigação. Visita quando puderes e tiveres disponibilidade.

De todo o modo obrigada pela atenção.

Xi-kor
Margarida


De umbreveolhar a 15 de Junho de 2008 às 02:37
Admiro sempre as tuas palavras, as quais muito me honram, e agradeço.

Desejo-te um bom Domingo,
Carlos Alberto Borges


De TiBéu ( Isa) a 11 de Junho de 2008 às 08:41
Belo post para um dia como o 10 de Junho. Parabens pela escolha. bj


De umbreveolhar a 14 de Junho de 2008 às 18:07
Fico satisfeito que tenhas gostado e pelas palavras elogiosas, as quais agradeço muito.
Só agora pude responder, devido ao facto de ter estado ausente por motivos profissionais, pelo que peço a tua compreensão.
muito obrigado.

Cumprimentos e volta sempre,
Carlos Alberto Borges



De pingodemel a 11 de Junho de 2008 às 10:37
olá...
...estava a ler e a pensar 2incrivel sei isto tudo de cor" e sorri ... porque a minha avó tem a mania de recitar este alma gentil sempre que ouve o nome camões :)
...é uma bela homenagem
um abraço e um bom dia


De umbreveolhar a 14 de Junho de 2008 às 18:12
Muito obrigado pelas tuas palavras e fiquei satisfeito por também a tua avó gostar de recitar este lindo soneto.
Só agora respondo, porque estive ausente, por motivos profissionais, pedindo desculpa por isso.

Volta sempre e cumprimentos,
Carlos Alberto Borges


De Alzira Macedo a 12 de Junho de 2008 às 17:26
Meus sinceros sentimentos por tao grande perda....
Ao mesmo tempo tenho de louvar este momento de gloria ao ler Camoes....
Parabens amigo pelas belas homenagens com sentimento e que irá perdurar para a eterninade nos corações de quem os viu partir e hoje recordam com saudade....
beijo amigo


De umbreveolhar a 14 de Junho de 2008 às 18:36
Muito obrigado pelas palavras que revelam muita sensibilidade ao que escrevi.
De facto para o meu pai, o Luís de Camões, era entre os poetas portugueses, o preferido pela sua vida e obra.
Gostei muito das palavras, que tanto me honram.

Cumprimentos e bom fim de semana,
Carlos Alberto Borges


De blogando-me1 a 15 de Junho de 2008 às 00:42
Um verdadeiro amigo é alguém que te conhece tal como és, compreende onde tens estado, acompanha-te em teus lucros e teus fracassos, celebra tuas alegrias, compartilha tua dor e jamais te julga por teus erros.
Estarei sempre por aqui, umas vezes mais presente, outras nem tanto.
Bjs fofos


De umbreveolhar a 15 de Junho de 2008 às 02:43
São palavras com um sentido e profundidade, que me enchem o coração, por isso dou-te os parabéns por tão sábia filosofia.
Gostei muito.
Já agora, gostaste deste poema e da referência que fiz ao meu pai, claro!

Volta sempre e cumprimentos,
Carlos Alberto Borges


De blogando-me1 a 15 de Junho de 2008 às 10:31
Nos meus tempos de estudante, obrigatóriamente lemos o Grande Luis de Camões. O sacrificío que era, entendes que na altura queriamos era brincadeira. Hoje passados estes anos todos e trabalhando na mesma escola em que estudei, aprendi a gostar de Camões, Pessoa, Espanca e outros que mais.
Uma homenagem quando é feita com sentimento, que foi o teu caso, é sempre linda. Sinto muito pelo teu pai.
Bjs fofos


De umbreveolhar a 15 de Junho de 2008 às 13:37
Concordo com as tuas palavras, sem dúvida há o antes e o depois. Eu também tinha esse procedimento, mas volvidos alguns anos reconhecemos um grande valor ao Luís de Camões e aos outros que citaste.
É sempre assim, gostamos daquilo a que não somos obrigados!
Agradeço também as palavras reconfortantes relativas ao meu pai que partiu, e que muito me sensibilizaram.

Volta sempre e cumprimentos,
Carlos Alberto Borges


De TiBéu ( Isa) a 15 de Junho de 2008 às 03:52
ShowLetter9990.gifOlá amigo Carlos, aqui fica mais um bonequito hehe. Bj e bom domingo.
Volta sempre ao meu cantinho

apaga o anterior comentario, pois tem erro


De umbreveolhar a 15 de Junho de 2008 às 18:59
É lindo, parece um perdigueiro ! Eu se que é um dálmata, de orelha caída, para mim os preferidos! Estava a brincar.
Obrigado pelas tuas palavras e conta também com a minha visita sempre que possível.

Apaguei o comentário que tinha um erro. És perfeccionista... Não valia a pena, mas fiz a tua vontade :)

Cumprimentos e volta sempre,
Carlos Alberto Borges


De daplanicie a 15 de Junho de 2008 às 11:48
Uma bonita homenagem a um grande poeta e ao seu pai, que já não se encontra convosco.
Cumprimentos


De umbreveolhar a 15 de Junho de 2008 às 13:42
Muito obrigado pelas palavras bonitas e também reconfortantes no que diz respeito ao meu pai que já partiu. São sempre bem vindos os teus comentários.

Cumprimentos e volta sempre,
Carlos Alberto Borges


De Isabel a 15 de Junho de 2008 às 19:37
Grande poeta esse-


De umbreveolhar a 15 de Junho de 2008 às 21:16
Obrigado por reconheceres esse génio da poesia nacional. As palavras nunca sabem a pouco!

Cumprimentos e volta sempre,
Carlos Alberto Borges


Comentar post

Carlos Alberto Borges
Julho 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


O meu blog e o mundo à distância de um clique

Ninguém dispensa a visita a umbreveolhar...


MusicPlaylist
MySpace Playlist at MixPod.com

PORTUGAL
subscrever feeds
links
Luso-Poemas - Poemas de amor, cartas e pensamentos
posts recentes

RECOMEÇA

QUADRA NATALICIA 2013

CHEGOU O OUTONO

CHEGOU A PRIMAVERA

Amar!

Meu Blog umbreveolhar e F...

Mar Português

Um Novo Ano com Paz!

Um BOM ANO de 2011

Natal 2010

pesquisar
 
arquivos
mais comentados
65 comentários
57 comentários
54 comentários
50 comentários
49 comentários
tags

todas as tags

favoritos

Atraiçoada eleita!

curto circuito

MUNDO

Explicação da Poesia

Mar azul - Cesária Évora ...