Welcome to Blog umbreveolhar

O meu objectivo, é escrever breves textos, sobre os assuntos que eu considere de interesse nos mais diversos âmbitos, e que prendam a atenção do seu olhar!
Quarta-feira, 22 de Outubro de 2008
Trova do Vento que Passa

 

 CANTAR A LIBERDADE 

«Trova do Vento que Passa»

 

Pergunto ao vento que passa
notícias do meu país
e o vento cala a desgraça
o vento nada me diz.

Pergunto aos rios que levam
tanto sonho à flor das águas
e os rios não me sossegam
levam sonhos deixam mágoas.

Levam sonhos deixam mágoas
ai rios do meu país
minha pátria à flor das águas
para onde vais? Ninguém diz.

Se o verde trevo desfolhas
pede notícias e diz
ao trevo de quatro folhas
que morro por meu país.

Pergunto à gente que passa
por que vai de olhos no chão.
Silêncio -- é tudo o que tem
quem vive na servidão.

Vi florir os verdes ramos
direitos e ao céu voltados.
E a quem gosta de ter amos
vi sempre os ombros curvados.

E o vento não me diz nada
ninguém diz nada de novo.
Vi minha pátria pregada
nos braços em cruz do povo.

Vi minha pátria na margem
dos rios que vão pró mar
como quem ama a viagem
mas tem sempre de ficar.

Vi navios a partir
(minha pátria à flor das águas)
vi minha pátria florir
(verdes folhas verdes mágoas).

Há quem te queira ignorada
e fale pátria em teu nome.
Eu vi-te crucificada
nos braços negros da fome.

E o vento não me diz nada
só o silêncio persiste.
Vi minha pátria parada
à beira de um rio triste.

Ninguém diz nada de novo
se notícias vou pedindo
nas mãos vazias do povo
vi minha pátria florindo.

E a noite cresce por dentro
dos homens do meu país.
Peço notícias ao vento
e o vento nada me diz.

Mas há sempre uma candeia
dentro da própria desgraça
há sempre alguém que semeia
canções no vento que passa.

Mesmo na noite mais triste
em tempo de servidão
há sempre alguém que resiste
há sempre alguém que diz não.

 

 

Manuel Alegre

Trova do vento que passa - Adriano Correia de Oliveira


publicado por umbreveolhar às 04:15
link do post | comentar | favorito
|  O que é?

30 comentários:
De estrelaquebrilha a 22 de Outubro de 2008 às 14:10
Não conhecia, mas gostei de cantar a liberdade:)
bj


De umbreveolhar a 22 de Outubro de 2008 às 23:08
É um poema fantástico do Manuel Alegre. Pode-se questionar se determinadas posições políticas que tem no Parlamento são boas ou más , mas sobre os poemas, não.
É provavelmente o melhor poeta português contemporâneo . Já lhe chamam o Camões do século XX.
Até breve e volta sempre cumprimentos,
Carlos Alberto Borges


De daplanicie a 22 de Outubro de 2008 às 21:56
Já conhecia e é um poema fantástico! Obrigada por mo recordares!
Cumprimentos


De umbreveolhar a 22 de Outubro de 2008 às 23:13
Fico satisfeito por gostares deste extraordinário poema do Manuel Alegre. É sempre gratificante recordar um poema de tão elevada categoria. Gostei do teu comentário.
Cumprimentos e volta sempre,
Carlos Alberto Borges


De MIGUXA a 22 de Outubro de 2008 às 23:26
Olá Carlos Alberto,

Obrigada por trazeres até nós um poeta do nível de Manuel Alegre.

Já conhecia mas é sempre bom relê-lo e repensá-lo...

Xi-kor
Margarida


De umbreveolhar a 23 de Outubro de 2008 às 18:56
Olá Margarida, Sem dúvida Manuel Alegre é provavelmente o melhor poeta português contemporâneo , e nós que conhecemos muitos dos seus poemas, nunca é demais recordá-los. Mas este poema é dos melhores entre os melhores!
Cumprimentos do amigo que gosta de te ler,
Carlos Alberto Borges


De blogando-me1 a 24 de Outubro de 2008 às 14:42


De umbreveolhar a 25 de Outubro de 2008 às 02:40
Obrigado e retribuo um óptimo fim de semah«na, nesta localização: Trovas do Vento que Passa.
Cumprimentos e volta sempre,
Carlos Alberto Borges


De poetaporkedeusker a 26 de Outubro de 2008 às 16:38
Dei comigo a cantar em voz alta! Caramba, esta memória até me deixou arrepiada!
Já li que preferes ser tratado na segunda pessoa. Por mim, tudo bem! Sabes, eu não sou nada, nada, nada preconceituosa. Isto de tratar as pessoas por tu ou por "você", surge-me como os sonetos, sem que eu dê por isso... acontece e pronto!
Vejo que estás a passar Portugal em slides. Já me perdi um pouco por aí...
Abraço.


De umbreveolhar a 26 de Outubro de 2008 às 19:09
Gostei do teu comentário que como sempre é bem vindo. Agrada-me que estejas de acordo pelo tratamento por tu, pois é mais Terra a Terra. Estive a fazer uma pequena reformulação no blog, tendo colocado slides das minhas Quatro Terras Cabeceiras de Basto, Guimarães , Povoa de Varzim e Braga. Além disso alguns são do Brasil - Bahia - onde estive recentemente .
Muitas felicidades e boa semana,
Carlos Alberto Borges


De poetaporkedeusker a 27 de Outubro de 2008 às 00:43
Já agora, volto a ver... olha, o Bom Jesus de Braga! Era tão pequenina quando lá estive... mas bem me parecia que tinha visto a torre de belém e os Jerónimos... estão espectaculares, esses slides!
Se arranjares um bocadinho livre, vai a http://mariajoaobritodesousa.synthasite.com/ e vê o que uma amiga fez para as minhas telas!
Estou tão contente!
Abraço!


De umbreveolhar a 27 de Outubro de 2008 às 20:37
É sempre bom recordar os locais por onde passámos , e mais ainda se for na infância, como referes. Estive a ver as telas que são de facto fantásticas. A tartaruga, cuja réplica apresento no slide, significa que na Costa do Sauípe no Brasil, onde estive, existem espécies destas com mais de três metros! É extraordinário... É sempre bom recordar.
Cumprimentos e volta sempre,
Carlos Alberto Borges


De Katerina K. a 27 de Outubro de 2008 às 20:01
Mesmo na noite mais triste
em tempo de servidão
há sempre alguém que resiste
há sempre alguém que diz não.

Bem verdade.
Há sempre uma alma penada que se impõe, que muda o mundo.
Por vezes até mudamos o mundo sem saber.

Beijos flautísticos,
J.F.


De umbreveolhar a 27 de Outubro de 2008 às 20:28
Extraordinário o teu comentário que revela a tua óptima interpretação do poema e quanto o admiras! Há muito que não tinha o prazer de te contactar, culpa minha, e vi também no teu blog a indisponibilidade de tempo que te impede de escrever mais. Muito obrigado e gostei.
Cumprimentos e volta sempre,
Carlos Alberto Borges


De vidaeglória a 28 de Outubro de 2008 às 10:42
Grande Manuel Alegre....este poema é fantástico...um verdadeiro hino á liberdade...é pena não lhe ser dado o devido valor...


De umbreveolhar a 28 de Outubro de 2008 às 15:41
Excelente o teu comentário e dizes muito bem "um verdadeiro hino à liberdade ". O valor será sempre o que ele tem , e que para nós e muita gente é enorme! Aqueles que não lhe dão valor, ou é por desconhecimento ou por qualquer outra paixão política e por isso não lhes convém...
Volta sempre que é um grande prazer,
Carlos Alberto Borges


De Torradaemeiadeleite a 28 de Outubro de 2008 às 13:44
Gosto muito deste poema e de o ouvir cantado pela Amália Rodrigues...
Boa semana, Carlos!


De umbreveolhar a 28 de Outubro de 2008 às 15:31
Estamos de acordo com este genial poema, o qual desconhecia ter sido cantado alguma vez por Amália Rodrigues... Quem tinha este poema em disco, era o grande trovador Adriano Correia de Oliveira, o qual ouvi muitas vezes. Gostei do teu comentário.
Cumprimentos e volta sempre,
Carlos Alberto Borges


De Torradaemeiadeleite a 3 de Novembro de 2008 às 20:03
Olá, Carlos! Espero que tenhas tido um bom fim-de-semana!
Pensei que conhecias a versão cantada pela Amália mas então não deixes de espreitar e ouvir neste link, por exemplo: http://www.youtube.com/watch?v=T0JuEY_MHGI
Penso que também gostarás!
Fica bem.


De umbreveolhar a 4 de Novembro de 2008 às 20:18
Eu nunca duvidei da tua palavra quando disseste que a Trova Do Vento Que Passa fosse também cantada pela saudosa Amália Rodrigues . Mas eu não sabia... Fui ao site que colocaste no comentário e tive o prazer de a ouvir. Agradeço-te essa informação que é demonstrativa de uma amiga inteligente que não quer que " pairem" dúvidas no "ar". Gostei muito do teu tão oportuno comentário e que vai contribuir para eu ouvir mais vezes esse poema cantado por aquela Senhora de que todos nos orgulhamos.
Cumprimentos e volta sempre que tenhas tempo,
Carlos Alberto Borges


De Torradaemeiadeleite a 4 de Novembro de 2008 às 23:45
. Boa semana e até breve, Carlos!


De umbreveolhar a 5 de Novembro de 2008 às 19:11
Muito obrigado, agradeço e retribuo um boa continuação da semana. Volta sempre que queiras , pois tenho muito gosto,
Carlos Alberto Borges


De Marta a 28 de Outubro de 2008 às 15:54
Olá carlos

Poema lindo este.

Bjs


De umbreveolhar a 28 de Outubro de 2008 às 16:56
Tens toda a razão, este poema " Trova do Vento que Passa", é fantástico. Fico muito contente por gostares, o que só prova o bom gosto intelectual e poético que tens.
Cumprimentos e volta sempre que possas,
Carlos Alberto Borges


De Virginiana a 28 de Outubro de 2008 às 23:19
Olá amigo Carlos...muito bonito este poema de Manuel Alegre...
Venho agradecer-te as tuas visitas ao meu blog de música...fico feliz com a tua passagem e a tua opinião...será sempre um grande prazer encontrar-te por lá assim como em todos os outros blogs!

Um beijo e desejos de uma boa noite...

Teresa


De umbreveolhar a 30 de Outubro de 2008 às 06:23
Olá amiga Teresa,
Fico sempre muito honrado com os teus comentários, os quais agradeço. Este poema é de facto genial e o significado que ele tem! Quanto às músicas e fotos que tens tido a gentileza de me enviar, penso que não obstante o meu cuidado, devo ter feito comentários também a outrem, pelo que peço desculpa. Devo confessar que não estou muito por dentro do assunto do imeem . Gosto de ver as fotos que referem o teu nome, mas por uma questão de educação tais não comentei. Tens um grande domínio nesta matéria e não só! Dou-te os meus parabéns. Desta vez enviaste muitos emails do imeem e o sapo " encravou" não sendo possível abri-los todos. Criei no entanto uma pasta IMEEM , para logo que possa tentar ver o seu conteúdo. O meu interesse é tão grande em ser agradável, que levantei-me da cama para tentar de novo, mas foi em vão, o que lamento. É sempre um prazer muito grande receber as tuas mensagens, que denotam grande amizade, ainda que virtual, mas será sempre uma Grande Amizade à qual eu correspondo de igual forma com muito prazer.
Cumprimentos e volta sempre que tiveres oportunidade. Já agora - O teu Blog é espectacular aguardo que me ensines a fazer um equivalente nalguns detalhes...
Carlos Alberto Borges


De Virginiana a 30 de Outubro de 2008 às 11:17
Olá Carlos bom dia! Agradeço a tua atenção e dedicação...é realmente um prazer manter um contacto nestes moldes, mesmo que virtual...ser tratads com carinho e respeito é o que mais aprecio!
Estás a receber muitos mails meus do imeen porque sempre que envio uma musica, uma foto, etc, tenho por hábito enviar para todas as pessoas ue constam na minha lista de amigos, é muito mais fácil, como não tenho muito tempo, se o imeen não tivesse esta opção, tenho a certeza que não enviaria tanta coisa...e porque o sapo apesar de ser um bom servidor tem por vezes problemas, tenho a minha conta do imeen direccionada para outro servidor que me dá mais garantias...em qualquer altura poderás alterar o teu mail do imeen caso o problema persista com o sapo.
Vou fazer 2 anos que criei o meu primeiro blog, tem sido uma aprendizagem a todos os niveis, gosto de inovar, aprender e este mundo é realmente de uma diversidade inexplicável...quando quiseres estarei ao dispor para te dar umas dicas no que for preciso, é sempre um grande prazer ajudar sempre que sou solicitada para tal, ninguem nasceu ensinado, é com a troca de ideias que conseguimos por vezes atingir os nossos objectivos...a vida é uma aprendizagem constante...é só preciso estar-se disposto a tal!

Um beijo e uma óptima quinta-feira

Teresa


De umbreveolhar a 2 de Novembro de 2008 às 15:39
Olá Teresa - O email do sapo já está a funcionar melhor, no entanto quando não é para os blogs, uso outro Servidor que é o Outlook e cujo mail é calborgesaraujo@netcabo.pt que consta no meu perfil e o qual podes utilizar sempre que desejes. Agradeço a tua disponibilidade para algumas dicas acerca do melhoramento do meu blog, por mim proposto. Mas terá de se pensar como devo proceder a fim de recolher essas dicas.. De todos os templates e outras coisas que tu lá colocas, como vídeos, fotos, acção dinâmica de frases , etc. , é para mim o melhor que conheço. Através de algumas fotos que colocas tão engraçadas á mistura com outras, penso ter já o teu perfil fotográfico... Mas não é fácil!
Também onde eu possa ser útil, já sabes que estou ao dispor. Desejo-te uma continuação de bom fim de semana, nessa zona tão linda de Portugal que eu conheço relativamente bem, onde o bom peixe assado na brasa é inesquecível para mim. Isto no que respeita à gastronomia!
Cumprimentos e até breve,
Carlos Alberto Borges


De Virginiana a 3 de Novembro de 2008 às 11:24
Obrigada Carlos, mais uma vez pela tua simpatia e generosidade...considerares o meu blog dos melhores é realmente muito gratificante e lisongeador, fiquei assim...sem saber o que responder, ...o meu obrigada de coração...não sei se já conheces todos os meus espaços, eles são ao todo 5...já não falando das páginas para cantores no meu imeen... tenho dias que não sei qual devo agarrar primeiro para actualizar...eheheh
Agradeço igualmente a tua disponibilidade...
O meu perfil fotográfico...pois é, concordo que não é fácil...por vezes deixo passar umas coisitas mas não muito eheheh!
Com que então o meu amigo conhece Setúbal...é realmente uma zona bem bonita mas sou suspeita para falar eheheh, de ti apenas sei que és do norte de portugal, no perfil tens Braga-Póvoa fica confuso! Este no passei férias para esses lados, estive inclusive na Póvoa onde tive o prazer de conhecer uma amiga, amizade feita aqui na internet...Quase todas as amizades que tenho feito na blogosfera são do centro e norte de Portugal...cá para baixo muito pouco, será que os do sul não gostam tanto da internet, tem coisas mais interessantes para fazer? Fica a pergunta no ar...

Desejo-te uma óptima semana e quando precisares do dito apoio é só dizeres...

Um beijo

PS.: Espero que este comentário siga...já é o segundo, o primeiro foi-se, a internet deu erro ggrrrrr

Teresa


De umbreveolhar a 4 de Novembro de 2008 às 19:55
Eu agradeço e retribuo - Teresa - toda a atenção que me dás e reitero o que disse, que o teu blog é um dos que está melhor" conseguido". Não basta gostar, é preciso saber, como é o teu caso. Já vi os outros, o que perfaz cinco, e todos eles são interessantes, mas deve dar muito trabalho para os manter actualizados. O facto é que tu consegues. Tenho ouvido as músicas e visto os vídeos que me envias do imeem e que são muito interessantes , predominando um estilo muito do teu agrado o que é fácil imaginar que sejas muito romântica, o que é bom. Portugal é um País pequeno, todavia é possível que no Norte se preste mais atenção à simpatia das pessoas e daí o facto de através da internet conseguires amigas não virtuais como referes. Isso é bom e muito agradável. Eu só conheço um amigo pessoalmente, que por acaso é de Braga, e foi através dos blogs, os restantes são virtuais, até agora... Agradeço a disponibilidade para as dicas com vista a alterar e melhorar o meu blog. Pena é eu ter tão pouco tempo, mas tem que se arranjar! No meu perfil está Braga e Póvoa de Varzim porque a casa junto ao mar é de férias. Quando vieres ao Norte avisa que és bem recebida e será um prazer. Já te informei o e-mail, pois o do sapo " encrava" de vez em quando... Gostei muito do teu comentário e volta sempre, que é um grande prazer,
Carlos Alberto Borges


Comentar post

Carlos Alberto Borges
Julho 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


O meu blog e o mundo à distância de um clique

Ninguém dispensa a visita a umbreveolhar...


MusicPlaylist
MySpace Playlist at MixPod.com

PORTUGAL
subscrever feeds
links
Luso-Poemas - Poemas de amor, cartas e pensamentos
posts recentes

RECOMEÇA

QUADRA NATALICIA 2013

CHEGOU O OUTONO

CHEGOU A PRIMAVERA

Amar!

Meu Blog umbreveolhar e F...

Mar Português

Um Novo Ano com Paz!

Um BOM ANO de 2011

Natal 2010

pesquisar
 
arquivos
mais comentados
65 comentários
57 comentários
54 comentários
50 comentários
49 comentários
tags

todas as tags

favoritos

Atraiçoada eleita!

curto circuito

MUNDO

Explicação da Poesia

Mar azul - Cesária Évora ...