Welcome to Blog umbreveolhar

O meu objectivo, é escrever breves textos, sobre os assuntos que eu considere de interesse nos mais diversos âmbitos, e que prendam a atenção do seu olhar!
Domingo, 14 de Junho de 2009
A Gaivota

 

Se uma gaivota viesse
trazer-me o céu de Lisboa
no desenho que fizesse,
nesse céu onde o olhar
é uma asa que não voa,
esmorece e cai no mar.

Que perfeito coração
no meu peito bateria,
meu amor na tua mão,
nessa mão onde cabia
perfeito o meu coração.

Se um português marinheiro,
dos sete mares andarilho,
fosse quem sabe o primeiro
a contar-me o que inventasse,
se um olhar de novo brilho
no meu olhar se enlaçasse.

Que perfeito coração
no meu peito bateria,
meu amor na tua mão,
nessa mão onde cabia
perfeito o meu coração.

Se ao dizer adeus à vida
as aves todas do céu,
me dessem na despedida
o teu olhar derradeiro,
esse olhar que era só teu,
amor que foste o primeiro.

Que perfeito coração
no meu peito morreria,
meu amor na tua mão,
nessa mão onde perfeito
bateu o meu coração.

                                   Alexandre O`Neill

 



publicado por umbreveolhar às 22:44
link do post | comentar | favorito
|  O que é?

26 comentários:
De rosafogo a 15 de Junho de 2009 às 00:56
Meu amigo

Não é para me gabar, mas eu canto muito bem esta poesia aqui postada hoje. De quinze em quinze dias nos passeios que faço ás quartas, lá me têm os companheiros a cantar esta, entre outras. Esta é maravilhosa, é lindo também que o Carlos se lembrasse dela.
Eu adoro Alexandre O Neil, a poesia cantada é tão melódica que me entra na alma.

Abraço
Natalia



De umbreveolhar a 16 de Junho de 2009 às 20:26
Olá amiga Natália,
Tenho muito gosto em saber, o quanto, aprecias este poema, o qual é cantado por vários artistas e tu também gostas de o cantar.
Ficio feliz por isso, pois apercebo-me que gostas mesmo muito deste poema!
Cumprimentos,
Carlos Alberto Borges


De lana no mundo a 15 de Junho de 2009 às 08:06
Lindo demais ....
beijinho


De umbreveolhar a 16 de Junho de 2009 às 20:30
Olá minha boa amiga, fico contente por gostares deste lindo poema.

Não te esqueças de votar no Vimeiro. Vê o post e clica nessa palavra que faz logo a hiperligação para o site.

Desejo-te tudo de bom e aceita os meus cumprimentos,
Carlos Alberto Borges


De Fisga a 15 de Junho de 2009 às 19:12
O grande Alexandre. Ele passa e esquece mas fica vivo nas suas musicas. Concordas comigo ? Só podes concordar. Amigo Carlos Alberto. um grande abraço deste amigo do peito. Eduardo.


De umbreveolhar a 16 de Junho de 2009 às 20:39
Olá amigo Eduardo,
Na realidade este poema será eternizado, pois há vários artistas que o cantam e bem!
Fico contente por ser um poema do teu inteiro agrado. É mesmo lindo!

Não te esqueças de votar VIMEIRO, é só clicar na palavra que está no meu post a cores que abre logo a hiperligação para o site.

DIZES. Voto no trabalho chamado Vimeiro da autoria do Carlos Alberto Borges.

Teu nome................

Teuu Url.........................


De MIGUXA a 15 de Junho de 2009 às 21:00
Olá Carlos Alberto,

Lindo este poema de O'Neill.
Adoro ouvi-lo cantado pelo Carlos do Carmo!
Ó fado traz-me sempre a imagem da minha terra...esta cidade maravilhos que é Lisboa.

Xi-kor
Margarida


De umbreveolhar a 16 de Junho de 2009 às 20:46
Olá Margarida,
É sem dúvida um poema muito lindo e bem cantado pelo Carlos do Carmo.
Fico feliz por te proporcionar uma vez mais a leitura deste grande poema.

O teu voto ainda não está no site, peço desculpa, mas é no sentido de te informar.

Clicas no meu post na palavra VIMEIRO a cores que faz logo a hiperligação para o site.

DIZES., Voto no trabalho chamado Vimeiro da autoria do Carlos Alberto Borges ( Vê logo outros)...

Teu nome............

Teu Yrl------------------


De comunicadoras a 15 de Junho de 2009 às 23:04
OI Amigo.....
Quem não gosta ?
A Gaivota ....cantada e encantada por Carlos do Carmo., voa muito mais alto.....
Gosto de fado, o fado agradece a Carlos do Carmo .....todo o sentimento que da sua alma salta para a sua voz.
Lindo.
Parabéns por tão linda lembrança.
Até breve
Herminia


De umbreveolhar a 16 de Junho de 2009 às 21:12
Amiga Hermínia,
Concordo inteiramente com a tua apreciação a respeito deste lindo poema.
E então cantado pelo grande fadista Carlos do Carmo, não há quase ninguém que não tenha esta letra no ouvido! Fico contente por gostares minha amiga.
Volta sempre e cumprimentos do amigo,
Carlos Alberto Borges


De Utopia das Palavras a 15 de Junho de 2009 às 23:53
É um dos poetas que mais admiro e o Carlos do Carmo também, por isso o canta divinalmente!

Obrigada por o trazeres aqui!

Abraço


De umbreveolhar a 16 de Junho de 2009 às 21:16
Olá minha amiga,
Fico honrado com o teu comentário e simultaneamente feliz por gostares como eu deste lindo poema, tão bem interpretado pelo fadista Carlos do Carmo.
Cumprimentos e volta sempre que possas e desejes.
Cumprimentos,
Carlos Alberto Borges


De Paola a 16 de Junho de 2009 às 21:51
... do enorme O'Neill... e por instantes eu ouvi o Carlos do Carmo... e gostei tanto!

Beijinho, amigo.


De umbreveolhar a 16 de Junho de 2009 às 22:58
Minha estimada amiga Paola,
Ver palavras tuas, seja em comentários, ou noutras circunstâncias, é para mim motivo de especial satisfação.
Fico também muito feliz por ter escolhido um poema do grande O`Neil em que ambos gostamos do poema e da sua extraordinária interpretação pelo também grande Carlos do Carmo. Obrigado pelas tuas palavras, as quais são tão bem vindas!
Cumprimentos e volta sempre que possas ,
Carlos Alberto Borges


De comecardenovopt.blogspot.com a 17 de Junho de 2009 às 12:45
olá amigo
Vai ao nosso blog, por favor, pois tem lá um desafio. Um beijo

Emília Pinto


De umbreveolhar a 17 de Junho de 2009 às 21:59
Amiga Emília Pinto,
Agradeço terem-se lembrado de mim e por isso, agradeço o prémio e já respondi ao desafio, com todo o prazer.
Está no meu Blog PRÉMIOS ATRIBUÍDOS E DESAFIOS.
Cumprimentos do amigo,
Carlos Alberto Borges


De blogando-me1 a 19 de Junho de 2009 às 17:15
Image


De umbreveolhar a 19 de Junho de 2009 às 21:11
Amiga Fernanda,
Smpre com a gentileza habitual; e a mim compete-me com muito gosto retribuír um óptimo fim de semana com tudo de bom.
Agradeço o teu voto,. há pessoas que se comprometeram a votar, mas não devem saber como. Embora, seja tão fácil!...
Cumprimentos,
Carlos Alberto Borges


De Just Moments a 20 de Junho de 2009 às 21:25
Que belo poema este!

e que linda Foto!!

Adorei!!

beijinhos!


De umbreveolhar a 21 de Junho de 2009 às 13:22
É sem dúvida um belo poema! Fico feliz por teres gostado, assim como da foto.
Cumprimentos e volta sempre,
Carlos Alberto Borges


Comentar post

Carlos Alberto Borges
Julho 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


O meu blog e o mundo à distância de um clique

Ninguém dispensa a visita a umbreveolhar...


MusicPlaylist
MySpace Playlist at MixPod.com

PORTUGAL
subscrever feeds
links
Luso-Poemas - Poemas de amor, cartas e pensamentos
posts recentes

RECOMEÇA

QUADRA NATALICIA 2013

CHEGOU O OUTONO

CHEGOU A PRIMAVERA

Amar!

Meu Blog umbreveolhar e F...

Mar Português

Um Novo Ano com Paz!

Um BOM ANO de 2011

Natal 2010

pesquisar
 
arquivos
mais comentados
65 comentários
57 comentários
54 comentários
50 comentários
49 comentários
tags

todas as tags

favoritos

Atraiçoada eleita!

curto circuito

MUNDO

Explicação da Poesia

Mar azul - Cesária Évora ...