Welcome to Blog umbreveolhar

O meu objectivo, é escrever breves textos, sobre os assuntos que eu considere de interesse nos mais diversos âmbitos, e que prendam a atenção do seu olhar!
Sábado, 13 de Março de 2010
O silêncio e a palavra

 

O exercício do silêncio é tão importante quanto a prática da palavra.

Na solidão, aprendemos a ficar em silêncio e a ouvir apenas os nossos pensamentos.

O silêncio, remete-nos para o recolhimento e para interiorizarmos melhor a beleza das coisas que nos rodeiam.

Em silêncio, gosto de ler um livro em prosa ou poesia e saborear o gosto da palavra escrita...

Tenho fases que necessito de silêncio para organizar melhor as minhas ideias e perceber melhor o mundo que me rodeia.

Gosto do silêncio das tardes junto à praia deserta, onde apenas ouço o murmurar do mar. É um exercício que nos transmite paz.

Há momentos na nossa vida que nos levam a ficar em silêncio.

Quando uma flor desabrocha.

No momento em que o Sol nasce.

Quando o mar se acalma  ou quando sopra o vento.

No momento em que uma mão segura a outra, nada disso precisa de fazer ruído para ter sentido de existir.

Calar, às vezes é uma fina forma de amor. Para quê palavras se elas não podem decifrar o verdadeiro sentir.

É no silêncio que sinto a magia do que podem ser as palavras!

 

Para Fábrica de Letras: O Silêncio

 



publicado por umbreveolhar às 13:25
link do post | comentar | favorito
|  O que é?

30 comentários:
De TiBéu ( Isa) a 13 de Março de 2010 às 17:01
!cid_639E9974-295F-4DE3-B862-7903DD14D4A0.gifVim a correr desejar um bom fim de semana e deixar um bj


De umbreveolhar a 14 de Março de 2010 às 18:04
Olá TiBéu,
Agradeço e retribuo os votos de um bom fim de semana, agora quase a chegar ao fim. Mas há mais!
Obrigado pelo teu Gif que também dá alegria à Primavera que tanto anseio e cujo texto escrevi.
Cumprimentos do teu bom Amigo,
Carlos Alberto Borges


De mz a 16 de Março de 2010 às 22:40
Quantos sons nos trás o silêncio afinal?
Todos os que qeremos ouvir mais aqueles que o próprio silêncio não pode calar...

também gosto de silêncio e de um bom livro!
bjs


De umbreveolhar a 21 de Março de 2010 às 12:52
Olá,
Que comentário tão simpático ao texto que escrevi - O SILENCIO E A PALAVRRA.
Fico honrado por issso e feliz por teres gostado deste tema. Obrigado por isso e muitas felicidades.
Até breve, pois estou a ver o teu blog e sobre o teu último texto, tens que ter paciência pois a chuva não tem quase dado tréguas.
Mas hoje começou a Primavera e as viagens serão mais fáceis para visitar os familiares.
Volta sempre e bom Domingo,
Carlos Alberto Borges


De Fábrica das Letras a 14 de Março de 2010 às 19:47
Boa noite Carlos
Obrigada desde já pela tua participação no tema deste mês da Fábrica de Letras, contudo, a tua postagem não está de acordo com as regras estabelecidas previamente e já muito difundidas. Deves escrever o título do post e de seguida o nome do blog. Se reparares, todos têm assim. Pedimos portanto, que voltes a postar esta tua participação da forma correcta.
Obrigada e bons textos


De umbreveolhar a 15 de Março de 2010 às 00:25
Olá,
Esse pequeno lapso já está resolvido. Pelo facto apresento as minhas desculpas.
Porém, o mais importante é que gostem tanto do texto como eu, que o escrevi! Afinal ele não está a concurso - É um mero pró-forma.
Cumprimentos,
Carlos Alberto Borges


De Maria Mar a 15 de Março de 2010 às 00:01
Olá!
Estou no início da caminhada de uma nova fase da minha vida! Estou numa fase de silêncio!!!...
Procurava ler algo com sentido para me ajudar a ler o meu interior e o que me rodeia e encontrei o teu blog.
PARABÉNS!
:-)


De umbreveolhar a 15 de Março de 2010 às 00:31
Olá Maria Mar,
Fico muito feliz pelo facto do assunto tratado no texto do meu blog, ir ao encontro daquilo que necessitava ler.
Agradeço o seu comentário e espero que volte mais vezes.
Se tivesse blog e consequentemente o Url, teria muito gosto em fazer-lhe também uma visita.
Cumprimentos,
Carlos Alberto Borges


De Nandinha a 15 de Março de 2010 às 14:45
Que texto maravilhoso !
Linda Imagem escolhida !
Que profundidade nas suas palavras
Partilho o efeito e a causa do SILÊNCIO e concordo que apenas basta um simples olhar
ou uma mão entrelaçada para conseguir perceber e entender os sentimentos de ambos.
O amor não é necessário andar sempre aos beijinhos e abraços porque para se conseguir amor tem de se cimentar primeiro uma grande amizade e só depois poderá nascer a palavra AMOR .
As flores também só crescem se lhes deitarmos água no amor é o mesmo ou vamos todos os dias criando qualquer coisa de novo que faça arder a chama ou então esse lume apaga-se.
Parabéns Carlos pelo seu texto
Um abraço


De umbreveolhar a 21 de Março de 2010 às 12:23
Olá Maria Fernanda,
Antes de mais, congratulo-me pela tua visita ao meu blog, a qual agradeço.
Fico honrado com a generosidade dos teus elogios e feliz por apreciares positivamente o que escrevi num bom momento de inspiração sobre o SILÊNCIO E A PALAVRA.
O teu comentário é tão interessante que eu diria que em parte até complementa as minhas ideias. Obrigado Nandinha.
Beijinhos e bom Domingo,
Carlos Alberto Borges


De mz a 16 de Março de 2010 às 22:50
a corrigir
*traz


De umbreveolhar a 21 de Março de 2010 às 12:56
Olá ,
Não era necessário corrigir essa preposição simples, mas eu sei o que é o perfeccionismo e tu também!
Obrigado pelo teu contacto e espero que seja o prenúncio de muitos outros.
Carlos Alberto Borges


De teresa a 17 de Março de 2010 às 22:41
e a historia de Alice, lá continua....
no
... continuando assim...

mais logo, um novo capítulo

um obrigada a quem segue (porque só vale a pena assim).

Um especial convite, para quem ainda não mergulhou naquela história.
...é só uma história, apenas isso.

obrigada
e até logo
Bj
teresa


De umbreveolhar a 21 de Março de 2010 às 13:03
Olá
Apercebo-me que este comentário está desajustado ao texto que escrevi, mas tendo lido o teu blog percebo a razão do equivoco.
De qualquer modo muito obrigado por visitares o meu blog escrevendo este comentário.
Espero nova visita e desejo um bom Domingo,
Carlos Alberto Borges


De Mary Brown a 18 de Março de 2010 às 22:43
Carlos eu adoro o silêncio, o silêncio que traz paz e tem harmonia. É nele que faço as minhas análises sobre a vida e a minha vida e é nele que estudo o meu mundo e o mundo. Há pessoas que não gostam de estar sozinhos mas, para mim, são essenciais esses momentos, nos quais mantenho um diálogo acesso comigo. Excelente o teu silêncio, vi em muitas das tuas palavras e meu eu retratado. Beijinhos


De umbreveolhar a 21 de Março de 2010 às 13:15
Olá minha Amiga Mary Brown
Agradeço antes de mais o teu comentário sempre tão bem elaborado e com palavras que denotam amizade.
Congratulo-me por também apreciares o silêncio. Sem dúvida que ele é necessário e faz bem para a meditação.
Volta sempre e desejo-te um bom Domingo,
Carlos Alberto Borges


De blogando-me1 a 20 de Março de 2010 às 13:19


De umbreveolhar a 21 de Março de 2010 às 13:19
Olá Fernanda,
Ontem estive em silêncio conforme este texto que escrevi, mas hoje vendo o teu Gif que demonstra simpatia e Amizade, cá estou eu para retribuír , não um bom fim de semana, que já náo vou a tempo, mas desejar-te um bom Domingo.
Carlos Alberto Borges


De MIGUXA a 21 de Março de 2010 às 14:52
Carlos Alberto,

Adorei o teu "SILÊNCIO" e acima de tudo porque me revi nas tuas palavras.

Obrigada pelo momento de silêncio que me proporcionaste.

Xi-kor
Margarida


De umbreveolhar a 21 de Março de 2010 às 16:05
Minha Amiga Margarida,
Quando penso no meu Blog, penso também em ti. Somos Amigos desde há muito tempo.
Tenho consciência que estou em falta contiigo, o que vai contra a nossa grande Amizade e princípios.
Não pretendo desculpar-me! Mas por diversos motivos, onde estão também os profissiionais, parece qque o tempo se faz curto para tudo o que desejo fazer e não faço.
Assim, agradeço-te profundamente a gentileza que tens comigo, a qual já nem sei se a mereço...
Agradeço o teu comentário e ambos estamos de acordo con o Silêncio que escrevi no meu texto e o meu silêncio nos blogs...
Eu voltarei brevemente e desejo-te um óptimo Domingo com tudo de bom,
Carlos Alberto Borges


De flordomeujardim2010 a 23 de Março de 2010 às 11:51
Gostei do teu texto sobre o silêncio...
Deixou me a pensar...
Gosto a estar na praia, fechar os olhos e ouvir o mar, gosto do silêncio, e é no silêncio que consigo interpretar certas palavras, certos comentários de certas pessoas infelizes, que só sentem prazer em te magoar, com as palavras............


De umbreveolhar a 23 de Março de 2010 às 21:27
Olá,
Congratulo-me pelo facto de gostares do meu texto e também por apreciares o silêncio tão necessário para reflectir.
Porém, não compreendo o sentido da tua última frase visto que a mim felizmente ninguém me tem "magoado com palavras ", a menos que eu desconheça!
Já estiva e ver o teu Blog e voltarei mais vezes com todo o gosto
Obrigado pelo teu comentário e espero que voltes mais vezes,
Carlos Alberto Borges


De flordomeujardim2010 a 30 de Abril de 2010 às 17:48
Olá
Essa ultima frase tem a ver com certas pessoas que infelizmente cruzaram na minha vida e me magoaram, mas felizmente já consegui por de lado essas pessoas, e viver sem ligar a certos comentários.


Comentar post

Carlos Alberto Borges
Julho 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


O meu blog e o mundo à distância de um clique

Ninguém dispensa a visita a umbreveolhar...


MusicPlaylist
MySpace Playlist at MixPod.com

PORTUGAL
subscrever feeds
links
Luso-Poemas - Poemas de amor, cartas e pensamentos
posts recentes

RECOMEÇA

QUADRA NATALICIA 2013

CHEGOU O OUTONO

CHEGOU A PRIMAVERA

Amar!

Meu Blog umbreveolhar e F...

Mar Português

Um Novo Ano com Paz!

Um BOM ANO de 2011

Natal 2010

pesquisar
 
arquivos
mais comentados
65 comentários
57 comentários
54 comentários
50 comentários
49 comentários
tags

todas as tags

favoritos

Atraiçoada eleita!

curto circuito

MUNDO

Explicação da Poesia

Mar azul - Cesária Évora ...