Welcome to Blog umbreveolhar

O meu objectivo, é escrever breves textos, sobre os assuntos que eu considere de interesse nos mais diversos âmbitos, e que prendam a atenção do seu olhar!

Domingo, 17 de Fevereiro de 2008
Cassação da Carta de Condução

Que as Leis são para cumprir - toda a gente sabe - mas também se sabe -  que existem Leis  feitas  " em cima do joelho", não pensando os Legisladores nas consequências  nefastas que elas possam ter para quem diariamente percorre inúmeros  quilómetros devido à sua profissão.

Ninguém, incluindo os Legisladores, pode estar de má fé contra quem honestamente executa a sua  actividade de vendedor ou outras profissões tão dignas como esta. Pois é necessário  trabalhar para sobreviver e fazer descontos para o Estado!  Mas é frustrante  estar  sempre com receio das Brigadas de Trânsito que se esconde nos pinhais, em cima de gruas, em carros descaracterizados, atrás dos marcos de correio, etc.  Neste caso,  o Vendedor que não é ladrão, não é assassino, não é contrabandista ou vigarista, apenas  é uma Pessoa de Bem e que trabalha precisando de percorrer as estradas do nosso Pais, que todos sabem do seu  mau estado e da péssima sinalização, mas é nessas circunstâncias que se faz os possíveis para  exercer com êxito  a actividade profissional.

Como sabem,  vem aí nova legislação cujo articulado diz o seguinte: OS CONDUTORES QUE AO FIM DE 5 ANOS REGISTAREM 3 CONTRA ORDENAÇÕES MUITO GRAVES, OU NO TOTAL  CINCO, QUER SEJAM MUITO GRAVES OU GRAVES, É LHE RETIRADA A CARTA POR UM PERÍODO ( NADA MEIGO)  DURANTE DOIS ANOS. E depois terá que ser submetido a novo exame de condução.  Pasme-se!  Isto é qualquer coisa  de surrealista! Haja bom senso! Eu sei que Sr. Legislador estará  na secretária e o perigo que lhe pode acontecer é cair, como aconteceu ao Salazar ( da cadeira)  pois quando anda na estrada tem motorista, e como  se sabe andam a velocidades superiores e puníveis com contra ordenações,  mas no final de contas nada lhes acontece! Assim é fácil fazer leis que afinal se destinam aos outros  cidadãos que para  auferirem de  alguns euros ao fim do mês têm de andar na estrada todos os dias, ausentando-se da família com todos prejuízos inerentes dessa separação de muitas semanas  consecutivas ou intercaladas.

Eu sou respeitador das leis, sejam  elas bem ou mal concebidas. E é por isso que eu me revolto, porque as leis são cegas e não têm excepções, apenas para  algumas pessoas que desempenham altos cargos na função pública, conforme é notícia  na Comunicação Social.

Eu apesar de ser novo, tenho quase 3.000.000 km percorridos, a grande maioria a trabalhar, para bem da Empresa, dos Clientes, ou seja para bem  da Economia. Apesar de cumpridor, nem eu ,ou outro condutor, bem comportado , pode no futuro ser apanhado ao mínimo deslize pelas Autoridades que andam apenas e só à caça à multa. E depois?  O trabalhador ficava no desemprego compulsivo, durante dois anos deixando  de auferir do seu ordenado e o Estado também ficava " a  ver navios! " porque deixaria o de ter receitas dos descontos efectuados  - e são muitos -  para a segurança social de que tanto diz necessitar e  para o respectivo IRS.

Haja bom senso Senhores Legisladores!  Pensem bem antes de legislar! Não custa nada!

 

                                 

 

 



publicado por umbreveolhar às 15:26
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|  O que é?

Carlos Alberto Borges
Julho 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


O meu blog e o mundo à distância de um clique

Ninguém dispensa a visita a umbreveolhar...


MusicPlaylist
MySpace Playlist at MixPod.com

PORTUGAL
subscrever feeds
links
Luso-Poemas - Poemas de amor, cartas e pensamentos
posts recentes

Cassação da Carta de Cond...

pesquisar
 
arquivos
mais comentados
tags

todas as tags

favoritos

Atraiçoada eleita!

curto circuito

MUNDO

Explicação da Poesia

Mar azul - Cesária Évora ...