Welcome to Blog umbreveolhar

O meu objectivo, é escrever breves textos, sobre os assuntos que eu considere de interesse nos mais diversos âmbitos, e que prendam a atenção do seu olhar!

Quinta-feira, 3 de Junho de 2010
A minha Mãe

 

Quando eu nasci

Minha Mãe me embalou,

Cantou uma canção

Que a minha Avó

Também cantou,

Em noites de insónias.

 

Quando eu nasci,

Minha Mãe sorriu,

Olhou o Céu estrelado

Parecia que as estrelas

Traziam-lhe a luz ao olhar,

Tão verdes de esperança.

 

Quando eu nasci

Minha Mãe agradeceu Feliz

Seus olhos brilharam

Como uma estrela cadente

Senti o cheiro e o embalo

Do colo de minha Mãe.

 

Passado tanto tempo,

Olho as estrelas do Céu,

No Céu estrelado e festivo

Parece-me que uma estrela

É uma mão acenando

Com amor e saudade...

 


tags: , ,

publicado por umbreveolhar às 16:53
link do post | comentar | ver comentários (34) | favorito
|  O que é?

Domingo, 2 de Maio de 2010
Maria Bethania - Minha mãe menininha


publicado por umbreveolhar às 20:09
link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito
|  O que é?

Quinta-feira, 8 de Janeiro de 2009
Sinto-me muito triste - Faleceu a Minha Querida Mãe

Quem me lê habitualmente e que felizmente são muitos Amigos e Amigas, sabem bem que os meus textos são por norma positivos e quase sempre com uma pitadinha de humor que reflecte a minha forma de estar na vida.

 

Porém, desta vez sinto-me invadido pela tristeza e por isso impele-me a falar do falecimento da minha Mãe que ocorreu esta semana, tendo ído para a sua " última casa" ontem no cemitério da Atouguia em Guimarães, onde no jazigo já a esperava o meu Pai desde o da 5 de Fevereiro de 2007 e outros Familiares que também lá estão.

 

A minha Mãe deu entrada no Hospital de Guimarães  uns dias antes do Natal, tendo lá passado essa  Quadra Festiva, e o Ano Novo até à madrugada de Terça Feira, onde não resistiu a uma delicada operação, apesar do meu optimismo que a operação corresse bem.

 

No Natal e Ano Novo comuniquei com muitos Amigos e Amigas desejando Boas Festas e vice-versa, nunca demonstrando a alguém a dor que me ía na Alma, pelo facto da minha Mãe estar hospitalizada, pois entendi que devia ser esse  o meu procedimento. Além do mais tinha a esperança que a qualquer momento tivesse alta hospitalar, o que infelizmente não veio a acontecer.

 

Ontem um dos Senhores Padres disse na Missa de Corpo Presente que os meus Pais  deixavam um legado muito rico por causa da Família numerosa que constituíram, pois são 10 filhos, muitos netos, bisnetos, sobrinhos, noras, genros e cunhados.

 

Ouvi com atenção aquela homilia, mas apesar desse legado que deixaram, eu sinto-me mais pobre porque já não tenho o Pai e Mãe entre nós.

 

Desculpem, mas tive que desabafar, pois estou a passar um momento particularmente dífícil de dor que a perda dos entes queridos nos causam.

  



publicado por umbreveolhar às 14:42
link do post | comentar | ver comentários (89) | favorito
|  O que é?

Sábado, 3 de Maio de 2008
A minha Mãe

O Dia da Mãe, para mim é todos os dias. Como habitualmente estou com  a minha mãe aos fins de semana e sempre que posso  com o maior prazer, pois além de gostar muito dela, é uma pessoa  que apesar da sua provecta idade, é muito alegre, comunicativa, com quem dá gosto conversar e conviver. Foi o caso de hoje!

Faço parte dos 10 filhos que deu ao mundo, e que tão bem criou, incutindo-nos sempre uma boa educação e ensinando-nos muito, assim como o meu pai que há pouco mais de um ano, deixou de  estar fisicamente  entre nós. Que saudades tenho de si, meu pai!

Mas, hoje é sobre minha mãe que faço uma reflexão. Como é possível uma Senhora  manter tanta frescura, alegria e juventude, a qual extravasa para os outros e naturalmente para mim próprio!

Eu reconheço que não deve ser nada fácil  educar 10 filhos: sete rapazes e três raparigas, tendo cada um seguido os estudos nas áreas que  escolheu. Lembro-me duma frase paradigmática nesse sentido, em que diziam: nós abrimos as portas e  vós seguis  em frente o caminho que entendais ser melhor para o vosso futuro! 

Continuando a falar da minha mãe  cuja adjectivação  positiva já me escasseia para  descrever tão nobres feitos . Ainda hoje inventou  e elaborou um lanche que foi uma autêntica delícia,  tendo a arte de nos surpreender com tão fértil imaginação! Mas não é dos lanches que eu gosto mais,  gosto dela sempre, como no passado.

Eu sou um filho "babado" que se rende aos dotes da minha mãe, sejam eles, respeitantes  á sua elevada personalidade, carinho, jovialidade, força de vencer e uma grande amiga com quem compartilhamos emoções e também e estamos sempre a aprender.

Parabéns minha mãe! Para mim é sempre o seu Dia!

 

 

 


tags: ,

publicado por umbreveolhar às 21:14
link do post | comentar | ver comentários (34) | favorito
|  O que é?

Carlos Alberto Borges
Julho 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


O meu blog e o mundo à distância de um clique

Ninguém dispensa a visita a umbreveolhar...


MusicPlaylist
MySpace Playlist at MixPod.com

PORTUGAL
subscrever feeds
links
Luso-Poemas - Poemas de amor, cartas e pensamentos
posts recentes

A minha Mãe

Maria Bethania - Minha mã...

Sinto-me muito triste - F...

A minha Mãe

pesquisar
 
arquivos
mais comentados
34 comentários
34 comentários
tags

todas as tags

favoritos

Atraiçoada eleita!

curto circuito

MUNDO

Explicação da Poesia

Mar azul - Cesária Évora ...