Welcome to Blog umbreveolhar

O meu objectivo, é escrever breves textos, sobre os assuntos que eu considere de interesse nos mais diversos âmbitos, e que prendam a atenção do seu olhar!

Sábado, 8 de Novembro de 2008
Gosto Não Gosto

Gosto da água e do cheiro da terra molhada.

Gosto do mar e do mar enquanto espelho do céu.

Gosto do vento frio no rosto e da chuva miudinha a picar-me nos dedos.

Gosto dos olhos nos olhos, mesmo que nunca mais te volte a ver.

Gosto de chocolate, do cheiro do limão e da ideia de eternidade.

Gosto de ler e reler os livros de que gosto e de descobrir que me continuam a surpreender. Gosto do cheiro deles.

Gosto do escuro sobretudo se tiver azul.

Gosto de luz..

Gosto de palavras.

Gosto da pessoa que há nas pessoas.

Gosto de viajar.

Gosto de parar o tempo quando vai muito depressa.

Gosto de gostar até ao fim das terras todas.

Não gosto do que não gosto até porque me tira o tempo que me faz falta para gostar mais do que gosto.

Não gosto quando me dizes que não estou cá.

 

Gosto desta foto que tirei aquando da minha viagem  ao Brasil, Salvador - Bahia.

Velha Infância - Tribalistas


publicado por umbreveolhar às 12:50
link do post | comentar | ver comentários (30) | favorito
|  O que é?

Domingo, 2 de Novembro de 2008
Não é poeta quem quer... E os políticos sabem o que quer!

 

 

Não é poeta quem quer...

Digo eu, e com razão!

É por isso  que  nem sequer

me "atrevo"  por falta desse "dom".

 

No entanto, gosto  muito de poesia,

e disso tenho toda a certeza,

quer seja  noite ou seja  dia,  

porque quando boa, é uma beleza!

 

Estes versos já confirmam

o que  agora acabo de dizer,

sei que apenas rimam,

porque outra coisa não sei fazer

 

Termino com mais uma  quadra,

como verificam é muito "ligeira"...

Pois por respeito aos meus amigos,

já me justifiquei na primeira!

 

                                                                     

Prometo que na próxima vez escreverei em prosa. Isto foi apenas uma brincadeira! Também de política não me apetecia dizer nada...  Como aliás é costume.

 

A comunicação social encarrega-se disso, e nós temos a oportunidade de ver as grandes  contradições nas entrevistas  da televisão. Escrevem no jornal uma coisa e dizem outra!

 

A última que me lembro é da semana passada na SIC NOTÍCIAS duma Senhora   "da política" que foi entrevistada  num programa sobre economia pelo moderador e pelo jornalista do Diário Económico.

 

Das mentiras, recordo-me , o que ela  antes  tinha dito sobre o  aumento do salário mínimo  e que era contra e também do que tinha  escrito no Jornal Expresso sobre a futura construção da  auto-estrada Porto  Bragança e que  também era contra.

 

Desmentiu tudo em frente às câmaras da televisão!  Assim se vai mentindo descaradamente para  tentar não perder votos nas próximas eleições legislativas aos votantes a quem estes dois casos interessam directamente, e não só!

 

Sei um provérbio que é mais ou menos assim:

 

Nunca mintas nem a brincar!                               

Que a mentira é fogo posto                                                       

e acaba por nos queimar... 

                                                                                                                                            

 

 

 



publicado por umbreveolhar às 05:36
link do post | comentar | ver comentários (15) | favorito
|  O que é?

Domingo, 12 de Outubro de 2008
Graffitis, sim ou não?

Sempre detestei que "malfeitores" fizessem  sarrabiscos nas paredes, nos túneis, nas casas, nos Monumentos Nacionais  e em tudo que tiver espaço para usarem e abusarem, vandalizando qualquer mural público ou privado que lhes apareça pela frente!

 

Por isso, eu sou contra esses  indivíduos  que têm tais procedimentos maliciosos, os quais  executam  normalmente, a coberto da noite  porque é a altura  mais oportuna  para evitarem serem descobertos a praticar  tais actos prejudiciais  para o urbanismo.

 

De vez em quando, ouço grafitistas através da comunicação social dizerem que os graffitis até podem ser considerados uma forma de cultura. Porque apenas escolhem sítios próprios para pintar  devidamente autorizados e que por isso embelezam  esses espaços. Se fosse assim eu até achava bem e nada  teria a objectar, mas infelizmente não é como dizem!

 

Ninguém poderá estar de  acordo que esses indivíduos "grafitistas ou não",  façam os sarrabiscos onde não devem, conforme toda a gente verifica. - Tanto quanto eu sei a lei dá-lhes alguma protecção, porque só podem ser detidos aqueles que estejam a sarrabiscar os Monumentos Nacionais e sejam vistos pelas autoridades em flagrante delito. Nos outros casos quem se sentir lesado tem que fazer participação e aguardar o resultado.

 

O governo deve tomar medidas para que a legislação portuguesa seja alterada no que a isso diz respeito. Espero que devido à mentalidade destes indivíduos, não comecem a pintar simbolos do euro em tudo que lhes apareça à sua frente, pensando que dessa forma resolvem a actual crise! 

 

 

Por isso, graffitis só em lugares autorizados!

 

  

 

 



publicado por umbreveolhar às 17:14
link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito
|  O que é?

Carlos Alberto Borges
Julho 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


O meu blog e o mundo à distância de um clique

Ninguém dispensa a visita a umbreveolhar...


MusicPlaylist
MySpace Playlist at MixPod.com

PORTUGAL
subscrever feeds
links
Luso-Poemas - Poemas de amor, cartas e pensamentos
posts recentes

Gosto Não Gosto

Não é poeta quem quer... ...

Graffitis, sim ou não?

pesquisar
 
arquivos
mais comentados
tags

todas as tags

favoritos

Atraiçoada eleita!

curto circuito

MUNDO

Explicação da Poesia

Mar azul - Cesária Évora ...