Welcome to Blog umbreveolhar

O meu objectivo, é escrever breves textos, sobre os assuntos que eu considere de interesse nos mais diversos âmbitos, e que prendam a atenção do seu olhar!
Quinta-feira, 22 de Maio de 2008
Poema Sarcástico - Grande Revolução no Porto!

 

Então os senhores ainda não leram os jornais!

 

Grande revolução no Porto!

 

Tragédia meus Senhores! Tragédia de arrepiar os cabelos! Tiros! Pancadas! Facadas! No Porto está tudo morto!

 

A revolução começou no Estádio do Dragão! Mas o caso já veio da Ribeira!

 

Por causa da perda do campeonato juntou-se tal povoléu! Que a cem léguas de distância já se ouvia o choro das mães! Choviam golpes mortais e os mortos empilhados já se elevam a tal altura! Que um deles avista quase toda a Estremadura! 

 

Que furor meus Senhores na luta que se travou! Tiros por todo o lado! O rio já vai molhado! Os Navios aos glutões vieram até á rua Passos Manuel onde lá há feridos a granel! E a choradeira é tão grande! Que foi preciso chamar os Bombeiros de Tomar por causa da inundação que já ameaçava a Circunvalação!

 

São tremendas as apostas! Já há homens com casas ás costas! Já não se sabe do Pinto da Costa! Na rua Alexandre Herculano um homem engoliu um Aeroplano! Outro na rua das Flores com um sopro desfez em frangalhos nada mais que seis Vapores! Um terceiro enfurecido foi ao Posto da Policia que fica na Cordoaria e com um berro descomunal rebentou logo o portal! Em seguida manda altivo por cá fora o Regimento e á força de tabefe esmigalha-o num momento!

 

No Largo da Aguardente está tudo cheio de gente!

Na rua da Lomba rebentou uma bomba!

E em Fernandes Tomás mataram três velhas e um rapaz!

Em Sá da Bandeira a desordem durou uma noite inteira!

 

A Batalha era varrida pela metralha! E nos Caldeireiros já estão os artilheiros a preparar os canhões que por lá são aos montões!

 

Que grande carnificina! Tiros até mais não! O sangue corria em cachão! E aqueles cadáveres assim todos tortos! Viam-se logo três mil mortos!

 

E o sangue a correr e a mãe a gritar! – Meu filho! – Meu filho! – Pega na garrafa e vai buscar um quartilho...

 

OBS:  Para melhor apreciar este poema inédto, queira ouvi-lo por um Senhor do Norte cuja idade e respeito bem  merece.  -  PARA OUVIR O DECLAMADOR, CLIQUE EM PLAY NO CLIP DE VOZ 

 

Faixa 1 - Intérprete Desconhecido


publicado por umbreveolhar às 16:26
link do post | comentar | favorito

57 comentários:
De Katerina K. a 24 de Maio de 2008 às 20:31
Realmente nota-se que o senhor é do Norte!

Abraço e agradeço a tua visita!


De umbreveolhar a 24 de Maio de 2008 às 23:32
A voz do declamador, que não é a minha e, mas ele não deixa dúvidas que é um homem do norte, como bem disseste. Eu sou muito mais novo e flexível no desporto. Mas gosto do jogo das palavras! É preciso ironia no meio disto tudo!

Gostei muito e conto sempre com a tua visita,
Carlos Alberto Borges


De Alzira Macedo a 24 de Maio de 2008 às 22:02
Boa noite amigo Carlos, foi uma grande surpresa este blog...
Já agora obrigado pelas simpaticas palavras,
deixado no meu blog...
Estou estupefacta pela imaginação e forma como descreveu a derrota nunca esperada pelos ditos maiores da nação...
È sem duvida uma forma muito especial de escrever gostei...
Embora nao seja adepta de futebol aprecio a forma em como se dá vida e animação a uma historia veridica e realmente esmagadora para os azuis e branco....
Desejo de um optimo fim de semana...
e um beijinho pra nossa amiga


De umbreveolhar a 24 de Maio de 2008 às 23:41
Nesta primeira troca de palavras, fico imensamente satisfeito que tivesse apreciado o texto. Penso que também ouviu o declamador que é também do norte, e já de uma provecta idade, mas tem um vozeirão que parece um Tenor! Além disso é um Senhor meu amigo.
Sabendo-se , como são as rivalidades desportivas, tem graça um bocado de humor!

Obrigado e volte sempre,
~Carlos Alberto Borges


De TiBéu ( Isa) a 25 de Maio de 2008 às 01:33
c03065zu.gif
Vim desejar um bom domingo bj


De umbreveolhar a 25 de Maio de 2008 às 02:51
És muito amável, ainda há bocadinho comentei um poema do teu blog. Desejo igualmente um muito bom Domingo para ti e que tudo decorra conforme o teu agrado!

Obrigado pela simpatia e pelos ícones,
Carlos Alberto Borges


De TiBéu ( Isa) a 25 de Maio de 2008 às 01:54
c03065zu.gif
Vim desejar um bom domingo bj e dizer-te moro na zona centro do Pais.....Leiria


De umbreveolhar a 25 de Maio de 2008 às 02:58
Muito bem, conheço Leiria quase como a palma das minhas mãos, pois passei aí pela tropa e posteriormente em serviço profissional. Então conheces bem o rio Lis que foi motivo para alguns fados de Coimbra!

Gostei de saber e volta sempre,
Carlos Alberto Borges


De TiBéu ( Isa) a 28 de Maio de 2008 às 16:40
Sim conheço e adoro passear nas suas margens, que agora estão lindas e bem tratadas. bj
espero por ti no cantinho da tibéu


De umbreveolhar a 28 de Maio de 2008 às 18:41
Honra-me muito que gostes de passear nas minhas margens. Agradeço as tuas palavras sempre gentis!
Também visitarei o teu cantinho, que é bastante bonito, incluindo as margens!

Cumprimentos e volta sempre,
Carlos Alberto Borges


De conchinha a 25 de Maio de 2008 às 17:58
Este poema está muito bom... Só é pena ser ficção, principalmente na parte da perda do campeonato :)....
Abraço


De umbreveolhar a 25 de Maio de 2008 às 18:30
Tiveste imensa graça e eu corroboro contigo nessa ideia. Boa piada!
Agradeço as tuas palavras e o elogio ao poema, que espero também o tenhas ouvido pelo Declamador!

Até breve e cumprimentos,
Carlos Alberto Borges


De louca a 25 de Maio de 2008 às 19:33
Finalmente vim visitar o seu blog, e gostei muito do que li. Tem um blog muito agradável, e com textos muito bons.
Voltarei mais vezes com certeza.
Cumprimentos.


De umbreveolhar a 25 de Maio de 2008 às 20:19
Agradeço a tua visita ao meu blog e os elogios que gentilmente fizeste. Mas olha que eu também gosto muito do teu.
Podes tratar-me por tu! Eu agora trato por tu, quase toda a gente dos blogs, porque quase todas blogautas me pediam!
Espero que tenhas ouvido o Declamador do post que escrevi , último. É de rir !!! Porto.""

Obrigado pela tua visita e até breve,
Carlos Alberto Borgers


De Sofia Loureiro dos Santos a 25 de Maio de 2008 às 23:10
Carlos Alberto Borges

Não é minha intenção ofendê-lo, mas nem sempre tenho algo de interessante ou que acrescente ao que escreve, no seus postes ou nos seus comentários, que aprecio e agradeço. Não é por desconsideração nem por qualquer outro motivo. É pura e simplesmente porque, em muitas situações, não tenho mais comentários a fazer.


De umbreveolhar a 25 de Maio de 2008 às 23:21
Muito obrigado pelas suas palavras, as quais são sempre bem vindas. Concluo que está de acordo. Mas se não estivesse de acordo, o dever de qualquer blogauta é aceitar os comentários, favoráveis ou não! Espero que se tenha divertido com este post.

Cumprimentos e volte sempre.
Carlos Alberto Borges


De Infiel a 26 de Maio de 2008 às 02:32

adoro a pronuncia do norte, transmitem inocência mas, neste texto, existe tudo menos isso

Gostei do teu olhar
Um beijo


De umbreveolhar a 26 de Maio de 2008 às 08:52
Tenho sempre muito prazer quando comentas, por isso te agradeço. Elles não são tão inocentes assim! Ouvite o Declamador, espero que tenhas ouvido!

Volta sempre e cumprimentos,
Carlos Alberto Borges


De Sorrisoduplo a 26 de Maio de 2008 às 07:44
gostei muito... e para mim teve um saborzinho especial... claro sou
Só evitava os mortos

bjinho


De umbreveolhar a 26 de Maio de 2008 às 08:55
Muito interessante as tuas palavras, que agradeço. Eu também sou de outro .... Mas o que interessa é piada do texto!

Cumprimentos e volta sempre,
Carlos Alberto Borges


De patypinheiro a 26 de Maio de 2008 às 11:06
Fantástico poema... adorei mesmo apesar de tudo(lol)... E BIBÓ PORTO CARAGO!!!!!!!!!
Beijo e um excelente dia!!!


De umbreveolhar a 26 de Maio de 2008 às 20:17
Fico muito lisonjeado pelas tuas palavras e por teres gostado do poema. Não sei se ouviste o Declamador! Tem uma voz de Tenor. Se não ouviste, recomendo-te que ouças! Mas também tens humor que chegue! É assim mesmo!!!

Obrigado pelo comentário e vollta sempre,
Carlos Alberto Borges


Comentar post

Carlos Alberto Borges
Julho 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


subscrever feeds
links
posts recentes

RECOMEÇA

QUADRA NATALICIA 2013

CHEGOU O OUTONO

CHEGOU A PRIMAVERA

Amar!

Meu Blog umbreveolhar e F...

Mar Português

Um Novo Ano com Paz!

Um BOM ANO de 2011

Natal 2010

pesquisar
 
arquivos
mais comentados
65 comentários
57 comentários
54 comentários
50 comentários
49 comentários
tags

todas as tags

favoritos

Atraiçoada eleita!

curto circuito

MUNDO

Explicação da Poesia

Mar azul - Cesária Évora ...