Welcome to Blog umbreveolhar

O meu objectivo, é escrever breves textos, sobre os assuntos que eu considere de interesse nos mais diversos âmbitos, e que prendam a atenção do seu olhar!
Sábado, 21 de Novembro de 2009
Acreditar

 

 

Quero conjugar para ti o verbo acreditar porque apesar de todas as vicissitudes da vida quero acreditar.

 

Acredito que haja um Anjo da Guarda que nos protege voando em círculo e só ele sabe de nós.

Acredito  numa Deusa de olhos cor da noite, que nos ilumina nas noites de luar

Acredito no amor verdadeiro que tem asas para voar.

Acredito em lendas, tradições e fadas que me trazem à memória a minha infância.

Acredito que vale a pena viver a vida todos os dias.

Acredito na chuva dourada que fecunda a Terra.

Acredito na flor humilde que se encosta ao muro.

Acredito no impossível e na capacidade de sonhar.

Acredito que há marcas de eternidade em cada um de nós.

Acredito que tudo é eterno num segundo.

Acredito que o Mundo não pára mesmo que as vicissitudes sejam dores de espírito.

Acredito na ocupação do Mundo pelas flores, espalhando as suas pétalas de paz.

Acredito que o Amor tem asas de ouro.

 

É acreditando, que a vida poderá ser melhor para nós, pelo que é importante  ter sempre um pensamento positivo.

 


tags:

publicado por umbreveolhar às 21:25
link do post | favorito

Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




Carlos Alberto Borges
Julho 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


subscrever feeds
links
posts recentes

RECOMEÇA

QUADRA NATALICIA 2013

CHEGOU O OUTONO

CHEGOU A PRIMAVERA

Amar!

Meu Blog umbreveolhar e F...

Mar Português

Um Novo Ano com Paz!

Um BOM ANO de 2011

Natal 2010

pesquisar
 
arquivos
mais comentados
65 comentários
57 comentários
54 comentários
50 comentários
49 comentários
tags

todas as tags

favoritos

Atraiçoada eleita!

curto circuito

MUNDO

Explicação da Poesia

Mar azul - Cesária Évora ...