Welcome to Blog umbreveolhar

O meu objectivo, é escrever breves textos, sobre os assuntos que eu considere de interesse nos mais diversos âmbitos, e que prendam a atenção do seu olhar!

Sexta-feira, 6 de Junho de 2008
O documento estava quase pronto. Só faltava empibriar!

É  muito interessante e algo complicado, quando alguém fala com ar muito sério, mesmo dizendo uma grande asneira, e haja pessoas que concordam sempre, baixando a cabeça humildemente, em sinal de respeito e compreensão.

 

Jamais me esquece o que li num dos três livros do Dale Carnegie, um homem que se fez por si próprio, subindo a escada da vida profissional de paquete, vulgo rapaz de recados, até atingir pelo seu mérito pessoal  de grande trabalhador e intelecto, o cargo de Administrador numa das maiores empresas nos EUA.

 

Então, contava ele que as pessoas ,aparentemente, mais "cultas", são aquelas que raramente têm "dúvidas" e simultaneamente são concordatas, mesmo perante um diálogo em que surja uma palavra cujo significado desconhecem! Como é o caso da palavra "EMPIBRIAR", que não significa coisa  nenhuma, quer seja em português ou em lingua estrangeira!

 

Para comprovar aquilo que escrevo, um dia numa repartição de finanças resolveram fazer uma " tratantada" às pessoas, supostamente cultas, que lá íam levantar um documento de extrema importância, o qual tinha de ser entregue a cada um até ao fim daquele mês.

 

Então os funcionários combinaram entre si,  que quem fosse levantar o documento,ser-lhe-ía dito: - Que estava quase pronto, apenas faltava "EMPIBRIAR," ao que os interessados acenavam com a cabeça em sinal de concordância...  Já tinham passado pela secção mais de 100 pessoas que apesar da urgência que existia na obtenção do documento, não ousavam perguntar - Que raio de palavra era aquela que obstava à conclusão do documento!

 

Até, que num determinado dia,  um cliente dirige-se ao balcão para levantar o documento do qual tinha muita urgência, pois estava próximo o dia em que precisava dele imprescindivelmente. - Como habitualmente, o funcionário responde, dizendo que o documento estava  quase pronto, só faltava "EMPIBRIAR", ao que o cliente retorquiu imediatamente, perguntando o que era isso de " EMPIBRIAR"! - O funcionário com ar sorridente e apresentando   de imediato desculpas ao seu cliente, respondeu: - Que  estavam a fazer um teste às pessoas, e até àquele momento só o Senhor ousou perguntar o que significava tal palavra " EMPIBRIAR".

 

Mais disse o funcionário - Já passaram por aqui mais de 100 pessoas à procura de um documento como o do Senhor, e ninguém tomou a ousadia de perguntar o que significava aquela palavra " sem sentido" , por isso dou-lhe os meus parabéns e após este teste ficámos a saber que as pessoas não  ousam perguntar, porque têm receio de mostrar a sua ignorância!!! Vejam lá como são os procedimentos de alguns, acenando com a cabeça em jeito de concordância em reacção a uma palavra que não existe...

 

 

 



publicado por umbreveolhar às 23:21
link do post | comentar | ver comentários (48) | favorito

Carlos Alberto Borges
Julho 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


subscrever feeds
links
posts recentes

O documento estava quase ...

pesquisar
 
arquivos
mais comentados
tags

todas as tags

favoritos

Atraiçoada eleita!

curto circuito

MUNDO

Explicação da Poesia

Mar azul - Cesária Évora ...